top of page
  • Foto do escritorcontatogilsonss

Wicca - A religião das bruxas...

Atualizado: 18 de abr.

Ser bruxa não é uma acusação para uma pessoa má, mas sim, uma expressão que expressa dons e valores das mulheres. A mulher é o gênero preferencial na bruxaria, pois ela é relacionada com a natureza, com o sobrenatural, com a loucura e com a magia. Estudiosos da religiosidade consideram a Wicca como a religião natural, e a mais antiga do mundo, se a interligarmos com os costumes pagãos.

Figura de uma bruxa
Figura de uma bruxa

A bruxaria Wicca é uma religião pagã que herdou as tradições e crenças das comunidades européias anteriores ao cristianismo, em especial, os celtas. Autores wiccanos afirmam que a Wicca vem da pré-história e outros afirmam que a Wicca foi formulada na Inglaterra na década de 50.

Adeptos seguram vassouras representando o pentagrama em evento Wicca. EUA, 2019
Adeptos seguram vassouras representando o pentagrama em evento Wicca. EUA, 2019

Acredita-se na existência de dois deuses. Um masculino chamado Cerunos e um feminino chamada de Deusa Mãe. Cerunos é conhecido como deus Cornífero (possui dois chifres), e é marido da Deusa Mãe. Ele é um deus que nasce, morre e volta a nascer, imitando a própria vida, as plantas e as estações do ano. Foi erroneamente associado ao diabo pelos cristãos, segundo os wiccanos.

Ceruno e a Deusa Mãe. Os deuses da Wicca
Ceruno e a Deusa Mãe. Os deuses da Wicca

A Deusa Mãe sempre existiu. Seu estado feminino permite encarnar a virgindade (inocência), o estado de mãe (plenitude) e o estado de anciã (sabedoria). É representada pela Lua. Em sua adoração, os wiccanos exaltam a fertilidade, o saber da cura e do cuidado com as pessoas.


Os wiccanos crêem na reencarnação e que todas as ações praticadas (boas ou más) voltam para quem as praticou. Seus rituais celebram o agradecimento, a renovação e os pedidos aos deuses. Além dos rituais comunitários, cada fiel é livre para fazer seus próprios feitiços e poções individuais. Suas festas são ligadas à natureza e às estações do ano.

Cerimônia de casamento pagão wiccano
Cerimônia de casamento pagão wiccano

O ambiente dos rituais, tanto aqueles praticados em grupo, quanto os individuais, devem estar bem limpos, purificado com ervas e com o altar todo arrumado. As pessoas devem saber com antecedência qual a sua função dentro do ritual, evitando assim, a dispersão das energias físicas e/ou espirituais.

Altar wicca
Altar wicca

Ao formar o círculo (desenhado no chão), as pessoas se envolvem numa espécie de transe espiritual, momento em que são invocados os elementos e as deidades. Ao término, o círculo é rompido e os participantes, pouco a pouco, voltam ao presente.


Alguns elementos não podem faltar em um altar wiccano. São eles:

  • Velas coloridas: uma para Cerunos e outra para a Deusa Mãe, junto com alguma ilustração que os caracterize;

  • Pentáculo: representa os quatro elementos; o ar, a água, o fogo e a terra;

  • Faca de dois gumes cega: canalizadora de energia;

  • Varinha mágica: de madeira e feita pelo próprio wiccano;

  • Cálice: um elemento dos deuses usado exclusivamente para os rituais;

  • Caldeirão: geralmente de ferro onde são queimadas ervas e demais elementos para as magias.

Altar Wicca a céu aberto
Altar Wicca a céu aberto

Os feitiços da Wicca visam promover mudanças no mundo físico e são usados para a cura, a proteção, o banimento de influências negativas e principalmente a fertilidade. Suas práticas são chamadas de "magia-branca" para separá-la da "magia-negra" associada ao mal.


É comum cada wiccano possuir seu "Livro das Sombras", onde são registradas todas as experiências vividas e sentidas.

Livro das sombras wicca
Livro das sombras wicca

Os rituais existem para celebrar os SABÁS (Dias de Festividades). Exitem vários sabás durante o ano. São realizados em lua cheia ou durante a lua nova. O círculo fechado é considerado um lugar de reunião, de amor, de alegria e de verdade. É um escudo contra o mal e serve para preservar e conter o poder mágico. O círculo é traçado com giz, carvão, ou mesmo simbolicamente com a varinha mágica.

Roda do ano (Sabás). Pintura do Museu de Bruxaria de Boscastle - Inglanterra
Roda do ano (Sabás). Pintura do Museu de Bruxaria de Boscastle - Inglanterra

No Brasil, segundo a UWB - União Wicca do Brasil, o Rio de Janeiro é a cidade que concentra o maior número de bruxos e bruxas praticantes, chegando a 40.000 fiéis. São Paulo conta com cerca de 20.000. No país, estima-se 300.000 pessoas praticantes e estudiosas.

Finalizando, resta acrescentar que a religião se popularizou no Brasil após a publicação do livro "BRIDA" de Paulo Coelho.



202 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page