top of page
  • Foto do escritorcontatogilsonss

Painel de classificação das principais religiões

Atualizado: 19 de jan.

Como classificar as religiões pelos princípios doutrinários? Quais religiões veneram apenas um Deus? Quais as que veneram dois ou mais Deuses? Quais religiões veneram a natureza? Acompanhe nos paineis a seguir. Este novo painel é fruto do aprofundamento das pesquisas realizadas sobre a fé e as religiões, e aperfeiçoa aqueles anteriormente publicados no site. Para melhor visualização, o painel foi separado em 4 partes. Lembrando, que se considera a definição de Harari para religião, ou seja, a crença em algo sobre-humano e a existência de princípios evangelistas.


O quadro 1 mostrado acima, mostra os princípios doutrinários como primeiro elemento classificatório das religiões. São eles:

  • o Teísmo ou a crença na existência de Deuses com poderes sobre-humanos. Divide-se em MONOTEÍSMO (Deus único), HENOTEÍSMO (Vários Deuses, porém com um de maior poder) e POLITEÍSMO (Vários Deuses). O quadro apresenta o DEÍSMO como uma crença monoteísta. Deísmo é uma posição filosófica que crê na criação do universo por uma inteligência superior ou Deus, como o demiurgo de Platão. Deístas não seguem nenhuma religião e acreditam que este "criador" não interfere (ou não mais interfere) em nosso mundo. A crença deísta teve seu apogeu no final do Séc. XVII com o Iluminismo.

  • o Panteísmo ou Animismo onde os deuses são elementos da natureza como animais, plantas, montanhas, rios, oceanos, astros como o Sol, Lua, estrelas ou também objetos inanimados como tótens. Quatro religiões aí se situam: as crenças muito antigas que talvez demonstrem as primeiras manifestações religiosas que são o Paganismo e o Xamanismo, e duas religiões orientais que são o Taoísmo (China) e o Xintoísmo (Japão).

  • o Ateísmo. Teólogos e pensadores atuais definem o ateísmo em duas vertentes: a) o ateísmo absoluto, ou positivo, ou forte, onde não se acredita em deuses negando sua existência de forma absoluta, e b) o ateísmo relativo ou negativo ou fraco. Este, nega a existência de deuses por falta de convicção, mas aceita a possibilidade que ele possa existir. A este identifica-se três crenças: BON, BUDISMO e JAINISMO. Nelas, não se venera deuses, mas sim, seres que alcançaram elevado estado de perfeição espiritual como os TIRTHANKARAS no Jainismo e os BUDAS e BODHISATTVAS no Budismo.

O quadro 2 a seguir detalha, dentro do Monoteísmo, as novas religiões Japonesas e as demais religiões monoteístas Não-Abraâmicas. Nas novas religiões japonesas destaque para o conjunto de religiões messiânicas de Mokiti Okada. São religiões relativamente novas que surgiram a partir de 1935. Nas demais se enquadram a Seicho-no-Ie, a Arte Mahikari e a Perfect Libert. Como demais religiões monoteístas inclue-se o Babismo, o Sikhismo, as religiões africanas e a Cientologia, uma nova religião que foi aderida por famosos artistas de cinema como Tom Cruise e John Travolta.



No quadro 3 são detalhadas as religiões originárias de Abraão situando-se o JUDAÍSMO, o SAMARITARISMO, o CRISTIANISMO e o ISLAMISMO. Destaque para a grandeza de religiões dentro do cristianismo que se subdivide no Catolicismo, no Protestantismo (Tradicionais, Pentecostais e Neo-pentecostais) e no Cristianismo restauracionista.



O quadro 4 finaliza o painel detalhando as religiões Henoteístas e Politeístas. Nelas se encontram os panteões celta, grego, egípcio, nórdico e romano. O culto aos panteões celta e egípcio são fortes até hoje com o Druidísmo e o Kemetismo. Três religiões aparecem como diteístas que são o Zoroastrismo, o Maniqueísmo e a Wicca, a religião das bruxas e bruxos.



Este trabalho ainda está em confecção. Caso haja algum comentário, identificação de erros, novas religiões não consideradas, sintam-se a vontade para se manifestar.


Grato.

550 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page